Posts Tagged ‘João Gilberto Noll

29
nov
08

alvorada jornalística

Boa-tarde ALTianos. O ALT de amanhã já está pronto desde o início desta manhã. Para quem gosta de procurar cultura e boas histórias nas páginas da Gazeta ALT, amanhã é mais um dia daqueles que promentem agradar tanto a gregos quanto troianos. Viramos a noite em processo de finalização, quase pelo amanhecer de hoje o arquivo foi fechado e já enviado para que possa ser impresso. Nas páginas centrais terá um artigo acadêmico intitulado “Além do Princípio de Prazer: Acenos e Afagos, de João Gilberto Noll e a estética homotextual na pós-modernidade” do professor e mestrando em letras da Universidade Estadual de Maringá, Sandro Adriano da Silva. A matéria de capa e da página oito, que o Anderson, a Julliane e a Mariana Lioto estão preparando, já adianto, vai ser literalmente uma merda. A crítica literária será por minha conta sobre o livro Camilo Mortágua do escritor gaúcho Josué Guimarães. Ainda na página três o jornalista de Pato Branco, Rafael Barzotto, contribui com um conto. Não percam, esta edição promete.

Mudando de assunto, nesta tarde terminei o novo romance e C. Ruiz Zafón, O jogo do anjo. Adianto para os curiosos que  já conhecem a obra do autor que o lançamento é muito melhor do que A sombra do vento e, também, nada tem a ver com este, como alguns críticos e leitores desatentos vêm afirmando. Nas póximas edições do ALT minha crítica e meus comentários sobre este maravilhoso romance que senão tira litros de lágrimas de qualquer leitor o afundo num absuluto silêncio comiseração. Abraços e bom fim de semana a todos. Oniodi.

Anúncios
27
nov
08

dia nacional de combate ao câncer

Boa-tarde ALTianos blogueiros de plantão. Quinta-feira é dia de esclarecer e adiantar sobre o que estamos preparando para a próxima edição. Nas páginas centrais do ALT da próxima semana um artigo acadêmico intitulado “Além do Princípio de Prazer: Acenos e Afagos, de João Gilberto Noll e a estética homotextual na pós-modernidade” do professor e mestrando em letras da Universidade Estadual de Maringá, Sandro Adriano da Silva. A matéria de capa e da página oito, que o Anderson, a Julliane e a Mariana Lioto estão preparando, já adianto, vai ser literalmente uma merda. A crítica literária será por minha conta sobre o livro Camilo Mortágua do escritor gaúcho Josué Guimarães. Ainda na página três o jornalista de Pato Branco, Rafael Barzotto.

Mudando de assunto, hoje é o Dia Nacional de Combate ao Câncer. A doença é a segunda causa de morte natural no mundo. No Brasil, o câncer é a segunda causa de morte. O câncer de mama é o principal causador de óbitos e, segundo apontam os dados do Instituto do Câncer (Inca), tem estimativa de 1.790 novos casos neste ano. Em segundo lugar, vem o câncer de colo do útero, atingindo em cheio à população feminina. Quem já teve algum caso na família, corre mais risco de desenvolver a doença, entretanto, estudos avançados apontam formas de prevenção, desde a eliminação do uso de tabaco e álcool até mesmo testes simples que podem verificar a doença ainda em estágios iniciais. O Dia Nacional de Combate ao Câncer passou a ser comemorado em 1988. A data foi criada para ampliar o conhecimento da população sobre o tratamento e prevenção da doença.

Acima uma propaganda sobre a doença entre crianças. Vale a pena ver. Emocionante.

23
ago
08

orgânico

Saudações, meus caros. Notícias do fronte.

Sábado. 4h54. Fechamento.

Bom, mais uma vez entramos na madrugada de sábado para fechar o ALT desta semana. Desta vez as coisas foram difíceis mesmo, pois a matéria principal só pôde ser apurada na quinta-feira à noite e escrita na sexta, considerando que preenche a capa e as duas páginas centrais, dá para se ter uma idéia do trabalho que deu.

E gostamos (muito) do resultado que, aliás, você confere amanhã, na Gazeta do Paraná. Não deixe de ir à banca.

Lembrando que tem ainda dois artigos muito interessantes dos professores e pesquisadores José Ames e Claudinei Freitas da Silva, ambos da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná). Ames fala sobre o filósofo Marsílio de Pádua, e Freitas sobre a situação da Unioeste.

A Socióloga Laysmara Carneiro Edoardo assina o texto sobre o filme Gêmeos – Mórbida Semelhança, de David Cronenberg. O Mundo Sebo traz clássicos e o Emblogado reverbera anos 80. No Disco Compacto o álbum da vez é Quero voltar pra Bahia, de Paulo Diniz. A crítica literária é de Oniodi Gregolin sobre o livro Canoas e Marolas, de João Gilberto Noll. E o jornalista, músico e escritor Rafael Barzotto é quem assina o conto Raoul Duke ou William Faulkner?.

Esperamos que gostem da edição.

Um grande abraço a todos

Equipe ALT

21
ago
08

Batalha em progresso

Saudações, meus caros. Notícias do fronte.

Quinta-feira. Primeiro post.

A Ju e o Ander tiveram que sair para algumas missões no campo de batalha e me deixaram aqui cuidando de nosso QG. Hoje é dia de comentar a edição e não tenho muita prática nisso, mas vou tentar. hahahahha

Nossos queridos repórteres de campo Ju e Ander foram fazer uma matéria com os vendedores da famosa feirinha. Estou meio por fora e não sei o que eles estão aprontando por lá. Portanto, não posso dar mais detalhes. hehehe Não é nada certo, mas possivelmente teremos uma reportagem de Luiz Carlos Machado sobre o projeto A Escola vai ao Cinema do Sesc. Tudo depende do quanto a matéria da feirinha render. A crítica literária dessa semana é do livro Canoas e Marolas, de João Gilberto Noll, e ficou a cargo de Emanuel de Campos. O conto é de Rafael Barzotto, jornalista de Francisco Beltrão (ou como prefere dizer: “Jornalista por formação, vocalista por insistência e escritor por desespero”). José Luiz Ames (Doutor em Filosofia e professor da Unioeste) e Claudinei Aparecido de Freitas da Silva (Doutor em Filosofia pela UFSC e Professor da Graduação e Pós-Graduação – Mestrado – em Filosofia da Unioeste), ambos de Toledo,  recheiam a editoria Academia de Idéias com artigos sobre o filósofo Marsílio de Pádua e sobre a Unioeste. Por fim, Laysmara Carneiro Edoardo e Vander Colombo falam do filme Gêmeos – Mórbida Semelhança, de David Cronenberg.

Acho que é isso. Se faltou algo, voltaremos a postar aqui no blog. Fiquem agora com uma animação de Andreas Gaschka chamada The seed, a semente. A trilha foi feita por Virko Hortien.

Abraços.

ALT




Feed do ALT

Twitter

Pub


Outra Pauta


Firefox 3