Archive Page 2

17
out
09

despedidas

Bom-dia ALTianos

A próxima edição do Gazeta ALT chega às bancas amanhã. Recheando as oito páginas de cultura semanal os assuntos são os mais diversos. Nas centrais Julliane Brita presenteia os paranaenses com uma entrevista com Marco Vasques, exclusiva ao ALT. Gutenberg Medeiros, doutor e professor da USP traz uma matéria, também exclusiva ao nosso caderno, sobre a tradução portuguesa do romance Berlin Alexanderplatz do alemão Alfred Döblin. Na página oito minha matéria mostrando o drama de uma aposentada que teve a casa destruída pelo temporal de quarta-feira aqui em Cascavel. Além das matérias os tradicionais Mundo Sebo e Emblogado tratando novamente de Paulo Leminski. Na página três, os poemas de Tere Tavares trazem literatura e lirismo à edição. Vale a pena conferir amanhã nas bancas.

Este também é meu último post neste blogue. A partir da próxima semana não faço mais parte da equipe ALT. Agradeço aos leitores que me acompanharam neste um ano de Gazeta e, também, as manifestações de carinho recebidas ao longo deste trajeto. Ficará apenas a minha saudade. Não é todo dia que uma porta imensa e imersa em cultura se abre para nós. O ALT foi isso. Obrigado.

Anúncios
30
set
09

ao último dia do mês

Sou um vasculhador da Wikipédia. Gosto de saber quais os principais fatos marcantes de cada dia. Hoje não foi diferente, me ative um pouco mais na leitura devido aos inúmeros acontecimentos do último dia de setembro ao longo da história. Como bom comunicador não poderia deixar de citar aqueles que me interessam, do ponto de vista profissional. Segue abaixo a listinha:

– Surgimento do primeiro livro impresso, a Bíblia de Gutenberg, em 1452 (data bastante controversa).

– Em 1915 é feita a primeira transmissão de rádio em Nova York.

– A TV Excelsior encerra as transmissões em 1970 depois de uma grave crise financeira e pressões do Governo Militar. Grande parte dos profissionais, treinados nos EUA, foi contratada pela recém-fundada Rede Globo.

– Em 1948 surge a primeira edição do personagem de HQ Tex.

– Nascimento de Truman Capote, em 1924. Jornalista estadunidense famoso pelo livro A Sangue frio e por ser um dos precursores do jornalismo literário. Ficou mais conhecido pela massa após o filme Capote, indicado em cinco categorias do Oscar. Famoso pela afetação, Capote nunca foi premiado em vida pela obra, mas postumamente reconhecido como uma mente brilhante.

Truman Capote

Truman Capote

PS: A última edição do ALT já está aqui no blogue. Baixem a vontade!

23
set
09

Viajo porque preciso, volto porque te amo

Em ritmo de festivais de cinema no mundo e na cidade, novamente me deparei com um título brasileiro que chamou minha atenção há alguns meses: Viajo porque preciso, volto porque te amo, dos diretores Marcelo Gomes e Karim Ainouz. O longo foi filmado ao longo de 10 anos, desde 1999. O argumento interessante do filme é o narrador que acrescenta uma tonalidade ainda mais ficcional ao filme. Irandhir Santos, da minissérie Pedra do Reino, é esta voz que nunca aparece em cena. Santos interpreta José Renato, que parte para uma viagem de pesquisas. Pelos seus olhos, o espectador flagra cenas do cotidiano de estradas, povoados, postos de gasolina, feiras, santuários. O personagem filma esses locais e as pessoas que neles encontra, traçando com eles o itinerário de uma procura existencial. O título é mais que poético, não sei o que esperar desse longa, mas merece um crédito pela genialidade do nome. Não coloquei o trailer, porque não o encontramos.

Mudando de assunto, aos que ainda não leram o ALT de domingo, já está disponível em Edições Anteriores a última edição. Entrevista exclusiva com o reitor da Universidad Bolivariana de Vanezuela, Luiz Damian Bustillos e a continuação da reportagem sobre a desavença entre duas adolescentes de Cascavel. Vale a pena conferir.

14
set
09

Mudanças

Olá, ALTianos e ALTianas.

Como vocês já devem ter notado, foram feitas algumas pequenas modificações em nosso blogue para facilitar o acesso de todos. Primeiramente, todas as edições do Gazeta ALT estão online na página edições anteriores, inclusive a edição de ontem, 13/09/09. Além disso,  estamos complementando as nossas listas de links (seções pub e blogroll ali na barra lateral). Outra novidade é a avaliação de posts que instalamos. A partir de agora, ao clicar no título do post e ir para a página  de comentários, você pode também avaliar a postagem. Por último, e muito mais importante, nós modificamos um pouco nosso sistema de feed, assim podemos monitorar de forma mais eficaz como anda o acesso ao nosso blogue. Para os que já conhecem/utilizam os famosos Agregadores de Conteúdo, pedimos que atualizem o link para o nosso feed. Já aos que ainda não conhecem essa tecnologia de compartilhamento de informação, segue abaixo o texto que a Julliane escreveu para o emblogado do dia 02/08/09, na 76 edição do ALT. O novo link do feed está aqui ao lado, o ícone vermelho que está no topo da barra lateral.

Por enquanto é isso. Esperamos que gostem.

*****

Alimente-se

Texto de Julliane Brita publicado originalmente na edição do dia 02/08/09 ( # 76 ) do Gazeta ALT

Geralmente, clico mais em “Retire-me da lista” do que em afirmativas contrárias. É certo que até um tempo atrás as newsletters faziam a cabeça de muita gente, inclusive a minha. Não que eu tenha recusado a todos os e-mails que resumem informações sobre determinados sites ou serviços, mas só recebo algumas muito específicas, ou melhor, aquelas que vêm de sites que não possuem um feed.

A situação é a seguinte: antigamente, quando você queria gerar algum interesse pelas coisas novas que colocava no site ou no blogue (Alguém já fez isso com blogue? Haja desespero!), aumentar o acesso ou simplesmente fazer com que as pessoas interessadas no conteúdo que você disponibilizava não precisassem dar F5 de dois em dois minutos, você criava uma newsletter, um e-mail enviado para muitas pessoas cujo conteúdo representava o que você atualizou há pouco. Para fazer isso, duas opções: manualmente ou por meio de um administrador, que gera a newsletter automaticamente a partir das atualizações feitas no site.

Ótimo, isso é perfeitamente possível, principalmente se os seus leitores, seguidores, público-alvo ou afins não souberem o que é feed. E muita gente não sabe. Porventura, talvez nem você saiba. E aí começa o problema, já que nem todos querem receber o seu e-mail periódico. Eu, particularmente, prefiro que o conteúdo dos endereços que acompanho apareça devidamente organizado por grupos de assuntos, em ordem de importância e que eu possa acessá-lo de qualquer computador conectado à Internet. E isso é o que faz um agregador de feed.

Do começo. Feed é um sistema de distribuição de conteúdo por meio da reunião simplificada das atualizações de um site. Essas atualizações ficam armazenadas em um arquivo de extensão xml que pode ser adicionado em um leitor capaz de reunir feeds de vários sites, chamado de agregador de feed. Esses agregadores atualizam automaticamente os arquivos dos sites inscritos e possibilitam com isso que você saiba o que um determinado site atualizou sem que você entre na página original. É a mesma função da newsletter, mas de forma mais organizada e menos trabalhosa.

Os agregadores disponíveis são divididos em dois tipos: os de baixar e ter no computador, os chamados agregadores desktop; e os baseados em web. Recomendo usar os do segundo tipo, que armazenam as inscrições on-line e permitem que você as acesse ao logar o seu perfil de qualquer computador conectado. De fato, ninguém aqui já experimentou um agregador de mesa, portanto, só indicaremos os web, com grande predileção ao Google Reader.

O Bloglines parece ser o mais usado pelos que acompanham feeds e faz o que a maioria faz: possibilita organização dos feeds em pastas, permite o compartilhamento das inscrições, faz buscas dentro do sistema – inclusive com retorno de outros usuários –, disponibiliza interface em português, é relativamente rápido e fácil de administrar. O que mais chateou na experiência curta com o Bloglines foi a mal-resolvida interface. Ela é desajeitada e não conseguiu substituir meu apreço pelo Google Reader.

A segunda tentativa de experimentação foi o Netvibes, que conta, em relação ao anterior, com um layout muito melhor, mas de navegação um pouco mais complexa – nada que o fará não entender como funciona, ok? –. Ele funciona mais como um IGoogle ou o MyYahoo, em que é possível agregar à interface outras ferramentas além dos feedse-mail, Twitter, Facebook, previsão do tempo e afins –. É necessário perder um bom tempo para organizar a página e descobrir tudo o que ela oferece. Aliás, ainda não descobri como marcar todos os feeds como lidos, já que importei as inscrições de um outro leitor (fato possível com os arquivos OPML que possibilitam um back-up das suas inscrições). Um pouco mais pesado que o Bloglines, um pouco menos eficiente que o próximo reader.

Nossa grande paixão é o Google Reader, ferramenta do todo-poderoso da Internet para a leitura de feeds. Se você já descobriu as vantagens do Gmail, vai adorar o Reader. O esquema é bem parecido e o layout segue o típico minimalismo de toda a interface do grupo: muito branco e azulzinho. As ferramentas são as mesmas dos anteriores, com a vantagem da facilidade de manuseio e relativa leveza. Além disso, a interação entre as ferramentas Google é sempre um artifício bem-vindo para os que passam muito tempo conectados. Nós recomendamos.

***

A coluna de hoje foi feita com colaboração dos blogues Revolução Etc, Tableless, ZeroSeis e Thalis Valle, peritos em tecnologia e Internet.

12
set
09

alt 82 – adiantamentos

bife

Saudações, ALTianos e ALTianos.

Post rápido para adiantar o que tem no Gazeta ALT de amanhã.

O Bife do Vazio é o prato principal, tem a capa e as páginas 4 e 5. Os textos são de Anderson A. Costa, Julliane Brita e Sílvio Demétrio, e ainda há uma entrevista sobre o assunto com o professor pós-doutor em filosofia, especialista em metafísica, Alberto Marcos Onate, da Unioeste de Toledo.

Na página oito tem uma matéria de Oniodi Gregolin sobre a paixão comum de duas jovens de 15 anos  que acabou em esfaqueamento, no bairro Floresta, em Cascavel. Um olhar mais aprofundando sobre o que há de singular em um tipo de crime que, infelizmente, tem se tornado comum.

Além disso, na página dois tem um texto bastante informativo a respeito do Blu-ray, que deve substituir o DVD nos próximos anos e ainda terminar com a pirataria de jogos e filmes.

Não deixem de conferir amanhã nas bancas e depois de comentar a edição aqui no blogue. Se preferirem, mandem seu e-mail para alt@gazetadoparana.com.br

Abraços

Equipe ALT

12
set
09

Festival de Cinema de Cascavel

Na próxima semana inicia-se o Festival de Cinema de Cascavel, já há muito considerada polo dessa arte. As oficinas começam no dia 19 e vão até o dia 21. Segue abaixo a progração da Secretaria de Cultura para este evento. Vale lembrar que as incrições são gratuitas.

Programação

Oficina: Direção de cinema

Dias 22, 23 e 24 de Setembro de 2009

Horário: Das 8h00 às 12h00

Local: Centro Cultural Gilberto Mayer

Professor: Beto Carminatti (Curitiba)

Vagas: 30

Oficina: Direção de fotografia

Dias: 19 20 e 21

Horário: das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00

Local: Centro Cultural Gilberto Mayer

Professor: César Pillati (Cascavel)

Vagas: 30

Oficina: Roteiro

Dias: 22, 23, 24 e 25

Horário: das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 1700

Local: Centro Cultural Gilberto Mayer

Professor: Aly Muritiba

Vagas: 30

Oficina: História do Cinema e Desenvolvimento da Linguagem cinematográfica

Data: 24,25 e 26

Hora: 9h00 ao 12h00 e das 14h às 17h00

Professor: Fernando Severo

Vagas: 30

26
ago
09

4º Festival de Cinema de Cascavel

Segue o desordenado release da secretaria de Cultura sobre o 4º Festival de Cinema de Cascavel. Mais informações na coluna de cinema do Gazeta ALT do próximo domingo. Não percam!

Inscrições para o 4º Festival de Cinema estão abertas

Estão abertas as inscrições para o 4º Festival de Cinema de Cascavel, que acontece entre os dias 18 e 27 de setembro. Este ano a mostra competitiva irá premiar três categorias: ficção (curta e longa-metragem), animação e documentário (curta e média-metragem). Os filmes devem estar em formato 35 mm, 16 mm ou HD – High Definition (alta definição). Quem quiser participar precisa mandar o material necessário de acordo com a categoria em que irá competir até o dia 9 de setembro. A premiação será o troféu “Guizo de ouro”, que será dado ao primeiro lugar de cada categoria.
O evento será realizado no Centro Cultural Gilberto Mayer, mas alguns filmes serão exibidos nos bairros da cidade. “É importante que haja essa descentralização do Festival para levarmos cultura a um maior número de pessoas”, explica a secretária de Cultura, Judet Bilibio Haschich. Ela ainda conta que a Casa de Cultura Zona Norte é um dos espaços onde será montada uma sala de cinema para exibição de filmes, entre outros locais a serem decididos.
O Festival conta ainda com uma mostra aberta de filmes em que não haverá pré-seleção dos trabalhos inscritos, diferente da mostra competitiva. “Os filmes concorrentes em qualquer categoria com exceção da mostra aberta, passarão por uma comissão avaliadora.”, explica o coordenador do Festival, Antonio Marcos Ferreira.
Para a categoria ficção, serão selecionados cinco filmes de longa-metragem e cinco de curta-metragem para cada formato (35 mm, 16 mm e HD). Para as categorias animação e documentário, serão selecionados cinco filmes de curta-metragem e cinco de longa-metragem, os quais deverão ser enviados em formato DVD. Os trabalhos que não forem selecionados para a mostra competitiva serão exibidos na mostra aberta.
Todos os filmes inscritos na competição deverão ser produzidos no Brasil, a partir de 2005. É importante que os candidatos leiam atentamente ao regulamento do Festival que esta no site:www.cascavel.pr.gov.br/cultura. Mais informações: 3902-1370 ou 3902-1368.



Feed do ALT

Twitter

Pub


Outra Pauta


Firefox 3