17
set
08

“quando crescer quero trabalhar no ALT”

Corrente de esperas (Fragmento)

A descida do ônibus no ponto próximo ao lugar marcado possibilitou a visão da fila. Duas delas, aliás. Uma que dobrava a esquina partindo do centro da quadra e outra que aumentava tímida e gradualmente em direção contrária. O rosto conhecido um tanto afastado dos ainda a conhecer confirmou a chegada no horário combinado: 7h30. A proeza por vir era encontrar alguém disposto a ser acompanhado. Uma terça-feira brava nem sempre guarda olhares convidativos nas filas da Agência do Trabalhador de Cascavel.

A persuasão foi obrigada a passar por alguns pares de ouvidos antes de encontrar Edenir Gonçalves Pereira, de 41 anos, e a disposição para ser acatada. Desempregado há três meses, Edenir foi convencido pela própria simpatia e pela ajuda insistente de Luciano de Carvalho Martin, de 24 anos, companheiro de busca. Os dois enfrentavam a fila juntos pela quarta vez à procura de uma vaga de motorista.

O fragmento acima é parte do texto que preparamos para as páginas centrais da próxima edição. Espero que tenha incitado a curiosidade de todos e para ler na íntegra, domingo nas melhores bancas. Rá!

O vídeo postado é um curta metragem intitulado Oktapodi (Oito Patas), indicação de nosso exímio diagramador e ilustrador Jeferson. Na seção de edições anteriores já está postada a Ossos do Ofício, a número 30.

O título deste post é uma frase da colaboradora Fernanda Dreier de Chapecó, Santa Catarina. No dia 11 deste mês ela citou no blogue de propriedade dela. Fernanda, obrigado pelo reconhecimento. Aproveito este post para também mandar calorosos abraços a duas leitoras assíduas, Vânia e Juliana que sempre comentam aqui. Obrigado as três pela receptividade.

Bom resto de semana a todos. Oniodi

Anúncios

4 Responses to ““quando crescer quero trabalhar no ALT””


  1. 17 setembro, 2008 às 4:24 pm

    Oi..

    O titulo me chamou a atençao para não deixar pra ler depois a atualização de hoje.. eu vi o “post” em que a Fernanda citou no blog dela que quando crescer quer trabalhar no ALT.. e achei mtoo legal qdo vi.. ;D

    E olha.. que ruim ter que esperar atéé domingo pra ler o resto desse texto.. ele parece mtooo bom.. ;D

    Bom.. uma ótima quarta-feira pra vcs.. bom trabalho!

    E obrigado pelos abraços.. outros calorosos abraços pra toda a equipe ALT.. 😀

    Beijos..
    Vaninha!

    “Chega de desculpa, vote na Turca!” ahuiahiuhauhaiuh

  2. 17 setembro, 2008 às 6:28 pm

    Parabéns pela iniciativa, pessoal. Tomara que entusiasme mais pessoas a conhecer e escrever com base no jornalismo literário. Um abraço.

  3. 3 Juliana Tokarski
    17 setembro, 2008 às 6:58 pm

    Uhum.. uhum.. muito bom mesmo o fragmento.. ^^

    Vcs inventam cada uma só pra despertar a curiosidade da gente.. ¬¬ asiuhauihsuihai

    😀

    Mas fazer o quê, além de ter de esperar.. hehehehe

    Obrigada pelos abraços!! 😉 pra vcs tmb.. ^^

    Ler o ALT todos os domingos e o blog é imprescindível, é como fazer parte do ALT.. =]

    Beijo!!

    Até amanhã!! ^^

  4. 4 LUIZ SONDA
    18 setembro, 2008 às 2:03 am

    E AÍ MOÇADA, TD BEM?
    QUINTA, DIA 25 DE SETEMBRO, TEM CONVERSA COM O JORNALISTA SANDRO DALPÍCOLO, LÁ NO ANFITEATRO DA FAG, AS 19H00. É DE GRAÇA E AINDA VALE HORA EXTRA-CURRICULAR!!! MAS, MAIS DO QUE ISSO, É UM MOMENTO PARA A GENTE ESTAR CARA A CARA COM UM DOS CARAS QUE FAZEM O TELEJORNALISMO NO BRASIL. VAMOS LÁ! O SANDRO É UM CARA MUITO LEGAL, FORMADO NA UEL, EM LONDRINA, E ESTÁ COM SEDE DE JUSTIÇA!!!!!!!!!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Feed do ALT

Twitter

Pub


Outra Pauta


Firefox 3





%d blogueiros gostam disto: